top of page

Você sabia que já foi desenvolvido um novo método de bioimpressão que permite o posicionamento preciso de esferoides?


In vitro, a formação de esferoides é favorecida pela alta capacidade de auto-organização celular. Um dos desafios enfrentados na utilização de esferoides é o controle da padronização em maior escala, interferindo em modelos de doenças onde a organização celular é fundamental.


Com o objetivo de possibilitar a montagem de esferoides de maneira controlada, foi desenvolvido uma nova técnica de bioimpressão 3D.


Esta técnica consiste no posicionamento controlado dos esferoides através de um hidrogel conhecido como auto-curativo, permitindo a mobilização e estabilidade dos esferoides, e formando ao final um microtecido de alta densidade celular.



Fonte: doi: 10.1038 / s41467-021-21029-2.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page